Conheça nossas

Atividades complementares

Atividades Extracurriculares

Capoeira

A Capoeira é uma expressão corporal que faz parte da cultura popular brasileira, que mistura luta, dança e música. Desenvolvida no Brasil por escravos africanos e seus descendentes, é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, utilizando os pés, as mãos, a cabeça, os joelhos, cotovelos e elementos ginástico-acrobáticos. Uma característica que a distingue da maioria das outras artes marciais, é o fato de ser acompanhada por música. A Capoeira foi evoluindo dentro dos princípios básicos tradicionais até que, em janeiro de 1973, foi oficializada como uma luta eminentemente brasileira, sob a Regulamentação Nacional da Capoeira.

A Capoeira dentro da escola com prática regular, estimula o desenvolvimento das potencialidades físicas, motoras, cognitivas, afetivas e psíquicas do educando.

Futebol de Salão

O Futebol de salão, também conhecido como Futsal, é o futebol adaptado para prática em uma quadra esportiva por times de cinco jogadores. Começou a ser jogado aproximadamente em 1940, por jovens da Associação Cristã de Moços, em São Paulo. Eles não encontravam campos de Futebol para jogar, então improvisavam partidas nas quadras de basquete. Na época os times, tinham cinco, seis e até sete jogadores.

Esse esporte praticado dentro da escola busca desenvolver através de uma formação adequada, as capacidades técnicas e táticas, onde o aluno de Futsal desenvolverá suas habilidades cognitivas de percepção, antecipação e tomada de decisões. Sendo o equilíbrio, ritmo, coordenação e noções de espaço e tempo, primordiais para o aprendizado técnico individual do aluno que prática futsal.

Karatê

O Karatê é uma arte marcial de origem japonesa e uma das mais populares do mundo. É uma luta que utiliza todas as partes do corpo com finalidades prioritáriamente defensivas. O maior objetivo do Karatê é o aperfeiçoamento comportamental dos seus praticantes, contribuindo para uma formação integral do homem. Além de ser também um excelente meio de defesa pessoal, o Karatê constitui uma forma ideal de exercício físico. Desenvolve a força, a velocidade, a coordenação motora e os reflexos, sendo por vezes indicado como terapia de algumas patologias físicas.

Assim o Karatê na escola numa prática correta, auxilia na formação e desenvolvimento físico e psicológico de quem o pratica, pois, ao disciplinar o corpo e a mente através dos treinos, seus praticantes aprendem valores universais tais como: humildade, disciplina, sinceridade, auto-controle, e integridade moral.

Teatro

O Teatro na Escola tem uma importância fundamental na educação. 

A oficina de Teatro, por meio da perspectiva do teatro-educação, trabalha o crescimento e desenvolvimento do sujeito em seus processos de aprendizagem escolar, criativo e artístico o contato a linguagem teatral ajuda crianças e adolescente a perder continuamente a timidez, a desenvolver e priorizar a noção do trabalho em grupo, a se sair bem de situações onde é exigido o improviso, sendo assim através da utilização de diversos jogos teatrais e dramáticos, as aulas de teatro estimulam a capacidade de interação com o outro e com a sociedade, o trabalho em grupo, a expressão oral, o reforço da auto-estima e o reconhecimento das identidades. 

Além disso, o teatro tem como principais objetivos permitir um contato dos alunos com experiências artísticas teatrais; trabalhar a coletividade e as relações dentro do grupo; resgatar valores e princípios cidadãos, éticos e morais por meio da linguagem teatral; explorar as potencialidades artísticas existentes nos alunos; e oportunizar a experiência de estar em cena, em uma apresentação estrelada pelos próprios alunos da escola.

Dança

A Dança é uma forma de expressão artística coordenada, caracteriza-se pelo uso do corpo, seguindo movimentos previamente estabelecidos (coreografia), ou improvisados (dança livre). Na maior parte dos casos, a Dança, com passos cadenciados é acompanhada ao som e compasso de música e envolve a expressão de sentimentos potencializados por ela, podendo também estimular a criatividade e a sensibilidade atráves da arte de dançar, resgata valores e atitudes que envolve o ser, fazendo com que o dançarino tome consciência da própria existência corporal e de tudo que o cerca.

Por estes motivos, deve-se trabalhar a Dança na escola como ferramenta auxiliar na estruturação da personalidade e da socialização do aluno.

Bandinha

A Bandinha Rítmica “Tocadores Mirins” é um trabalho de musicalização infantil entre 03 a 06 anos. O seu principal objetivo é despertar e desenvolver o gosto pela música, estimulando e contribuindo com a formação do ser humano como indivíduo.

A musicalização é feita através de atividades lúdicas, utilizando elementos da música (som, ritmo, melodia e harmonia) e instrumentos básicos (caxixi, tambor, claves etc), visando o desenvolvimento e aperfeiçoamento da coordenação motora, percepção auditiva, memorização, aprendizagem, a expressão e a organização (física, mental, social e cognitiva). O lúdico funciona como elemento motivador e os instrumentos da bandinha funcionam como ferramentas de estímulo para o desenvolvimento da expressão musical.

Violão

As oficinas de violão popular utilizam uma metodologia prática/cifrada, desenvolvida especialmente para aprendizes a partir de 08 anos. Os efeitos cognitivos na criança são os mesmos relacionados à musicalização de uma maneira geral.

Veja a novidade
do nosso Colégio

Lançamos um aplicativo exclusivo para que você acompanhe suas notas, para os pais acompanharem seus filhos e muito mais...

Localização

Rua Dr. Genésio Salles, 596,
Vila Verde, Vila Laura, Salvador/BA

Como chegar